Lili poeta por Marli

Quem dera, todo poeta tivesse uma estrela na ponta do dedo ...

Textos


 Cada um de nós carrega em si as suas certezas...

          O livro chegou, veio pelo correio com uma linda dedicatória e eu precisei de um tempo livre para começar a lê-lo. Já nas primeiras páginas fui me emocionando com um texto cheio de poesia. Como assim poesia? Mas é um livro que narra a experiência pessoal de uma pessoa com câncer poderiam questionar os duros de coração. Sim, a autora narra suas dores e angústias como quem é acostumada a escrever poemas. Em nenhum momento, mesmo nos mais dificeis, se coloca vitimizada pela doença. Simplesmente conta com doçura a sua experiência com uma doença cruel. 
          O livro tem uma interessante divisão, onde na primeira parte ela nos narra sua trajetória desde que descobre-se com uma doença intimidadora, desde os primeiros exames, procedimentos cirúrgicos, a biópsia e a indesejável quimioterapia.. Na segunda parte nos conta de sua infância em sua pequena Santa Tereza e sua experiência em outro país. 
          Sem muitos rodeios ou termos científicos, Sonia nos dá conta de quão frágil é a vida humana e de como em um instante estamos sorrindo saudáveis, e num passe de mágica, já ficamos impotentes diante de uma doença avassaladora, porém, em muitos casos, curável. 
          Um assunto que ninguém quer tocar, pois parece-nos sempre que o doente de câncer, seja qual for é um sentenciado de morte, onde famílias evitam até mesmo pronunciar seu nome, tratando-a como "aquela doença". 
        A importância da família e dos amigos ao lado do paciente é fundamental para a recuperação. Neste sentido, é possível observar quando ela escreve na página 22: - "Meu filho era um soldado num campo de batalha". E mais adiante na página 40 nos revela: - "Muitas pessoas que eu nem pensava que fossem se encolver no meu problema enviaram-me água fluidificada, pãezinhos bentos [...]".
               A segunda parte do livro é dedicado às suas memórias de infância e adolescência. Foi um sopro, uma dádiva poder ler seu conteúdo. Sonia tem uma riqueza de detalhes que envolve o leitor. Não raro me imaginei lendo o texto como se fora algo de Zelia Gattai, cuja mãe chamava de "menina atrevida". Em diversos diálogos me peguei dizendo a célebre frase de Dona Angelina Gattai, nas aventuras de Sonia menina.
        Com que doçura sua infância é descrita! Com quanto amor essa pequenina flor foi envolvida! A poesia lhe pertenceu desde sempre e está inserida em cada página de seu livro.
               A narrativa de seu intercâmbio nos Estados Unidos, a forma como tudo aconteceu nos introduz dentro de sua história, tão cheia de nuances, tão repleta de amor incondicional ao próximo. Impossível não se emocionar às lágrimas.
               Ao final do livro a autora ainda nos brinda com o Guia do Paciente com Neoplasia e todos os cuidado que este deve ter com a alimentação.
               Minha certeza é que este livro é imperdível!


          Minha amizade com a autora

          Conheci Sunny aqui mesmo neste site de escritores. Sempre lemos uma à outra, até que o facebook nos aproximou mais um pouco. Nunca nos vimos pessoalmente, mas sempre admirei os seus textos. Tivemos uma amiga em comum, aqui mesmo, a qual conhecemos pessoalmente. Ela, Denise, sempre foi um elo entre nós duas, porque Denise visitou Sunny e eu visitei Denise que me contava quão querida era a Poetisa Capixaba. No ano passado fiquei, a quilômetros de distância, sabendo que algo errado estava acontecendo com Sunny, mas não me senti próxima o suficiente para perguntar o que estava acontecendo. De todo m odo, sendo eu uma católica praticante não hesitei em colocá-la em minhas orações. Finalmente ela nos informou através do FB que seu livro estava à disposição para venda e logo eu pedi um exemplar, o qual li com avidez e emoção. Foi um privilégio ler seu livro... É um privilégio tê-la em meu rol de amigos virtuais, que embora distantes fisicamente, estão sempre por perto nos brindando com suas melhores palavras!
                    
               
       
Título: Onde as certezas moram
Autor: Sonia Rita Sancio Landrith
Editora: Opção
Páginas: 126
http://www.recantodasletras.com.br/autor_textos.php?id=5561
Lili Maia
Enviado por Lili Maia em 19/07/2017
Alterado em 19/07/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras