Lili poeta por Marli

Quem dera, todo poeta tivesse uma estrela na ponta do dedo ...

Textos


                         Imagem do Google


Para ODETE do Jorge a quem muito amei, o carinho de minha saudade!





Alma Antônia(*)


Meu querido Santinho, estou aqui, lembrando do tempo em que estivemos juntos. Eu o carregava para o seu pequeno momento devocional todas as terças-feiras, na missa seguida de novena.
Apenas uns poucos metros para deixá-lo em evidência. Tudo arrumadinho, a mesa, a toalha branca, o cesto para os fiéis depositarem os pães que depois seriam abençoados e repartidos entre a assembleia.

Santo Antonio, rogai por nós! Repetíamos o refrão do seu Hino. Eu e você criamos laços afetivos, e que São José não nos ouça, que vão além do altar. Enquanto eu o carregava para seu lugar de honra nas missas votivas, de vez em quando eu dizia: Meu santinho, vê se dá um jeito nesse meu problema. Outras vezes eu resmungava: Tá ficando pesado colega!
Quando eu pensava em pedir um namorado, logo me lembrava: - Opa! Você já teve sua chance...

Não tenho aqui em casa, nenhuma imagem sua. Preciso lembrar de comprar uma para deixar ao lado de Nossa Senhora Aparecida.
Talvez você, que foi um grande orador, me inspire a dizer algumas palavras bonitas para esse povo sofrido e oprimido que vive ao meu lado o grande drama da vida. Quem sabe, olhando para sua imagem, eu possa encontrar motivos para redobrar meu carinho para com meu próximo, e, seguindo o seu exemplo, consiga repartir melhor o meu pão.

Que essa imagem do Menino Jesus que colocaram nos seus braços me lembre que sempre há tempo para dispor ao menor dos meus irmãos, aos desamparados, aos que têm fome e sede de justiça. Que eu veja neles, assim como você um dia viu, a possibilidade de carregar o Menino nos braços, através dos meus gestos concretos de amor pelo meu próximo.

Você que é Doutor da Igreja, redobre comigo meu querido Santo Antônio, sua paciência de intercessor amoroso, para que eu possa ser conduzida às trilhas do céu e que esta minha alma antônia seja salva em derradeira instância.



Ato de consagração a Santo Antônio

Ó grande e bem-amado Santo Antônio de Pádua, vosso amor a Deus e ao próximo, vosso exemplo de vida cristã, fizeram de vós um dos maiores santos da Igreja.
Eu vos suplico tomar sob vossa proteção valiosa minhas ocupações, empreendimentos, e toda a minha vida.
Estou persuadido de que nenhum mal poderá atingir-me enquanto estiver sob vossa proteção.
Protegei-me e defendei-me: sou um pobre pecador.
Recomendai minhas necessidades e apresentai-vos como meu medianeiro a Jesus, a quem tanto amais.
Por vosso mérito, Ele aumente minha fé e caridade, console-me nos sofrimentos, livre-me de todo mal e não me deixe sucumbir na tentação.
Ó Deus poderoso, livrai-me de todo perigo do corpo e da alma.
Auxiliado continuamente por vós, possa viver na cristandade e santamente morrer.
Amém.




Agradecimento Especial:

Comecei a escrever  um texto em homenagem a Santo Antonio e já o tinha intitulado: Meu Querido Santo Antônio
Mas antes de postá-lo, encontrei um texto para ele, já postado no Recanto das Letras. Emocionei-me ao encontrar lá a constatação da Autora de que possui uma Alma Antônia.
Para Edna Lopes, de quem eu emprestei o título desta crônica, meu carinho e gratidão.



Quando eu era criança, fazia uma esquete na escola (desculpem-me,  desconheço a autoria)
Eu vestida de sinhazinha e com um boneco de pano representando Santo Antonio dizia:

"-  É verdade Santo Antonio, que procê fazer casá, é preciso que te deixe sempre de perna pro ar?
Então eu vou te virar e um pedido vou fazer
e só te deixo de pé, depois que ocê me atender:
- Quero que tu me arranje um moço bonito e forte, corado cheio de vida e que tenha um carro esporte.
- Se tu procurar bastante e assim não achar nenhum, prá não ficar solteirona eu aceito qualquer um!"




Notas
:
- Os Doutores da Igreja são certos homens e mulheres que são reverenciados pela Igreja pelo especial valor dos seus escritos, pregações e a santidade de suas vidas. Cada um deles deu uma contribuição especial e muito valiosa a fé, ao entendimento dos evangelhos, da doutrina e de Jesus.  (fonte:www.cademeusanto.com.br)

- "A declaração pontifícia de alguns santos como "Doutores da Igreja" teve início em 1295, durante o pontificado de Bonifácio VIII. Estes santos receberam o "Doutorado" por sua ciência e doutrina na exposição dos mistérios da fé cristã."
(por Ismael Bengoechea)

- Santo Antônio nasceu em Lisboa, Portugal em 1195 e faleceu em Pádua, Itália  aos 13 de Junho de 1931. Foi canonizado em 1932  e hoje é considerado Doutor da Igreja
- É padroeiro de Pádua, dos casais, dos pobres e oprimidos e das pessoas que desejam encontrar objetos perdidos.
(fonte wikipedia)

- Eu servi minha comunidade como Ministra Extraordinária da Sagrada Comunhão e uma de minhas atribuições era zelar pelo altar todas as terças-feiras, dia da semana em que celebramos a Missa e depois a Novena Devocional a Santo Antônio, onde são abençoados pães e repartidos entre os presentes.
- Os católicos não adoram imagens, apenas se valem delas como quem admira uma velha fotografia. Os católicos acreditam na intercessão dos Santos e na piedade divina. Momentos devocionais são bálsamo para os aflitos e refrigério para a alma.

- VENERAÇÃO: é o culto por aqueles que temos uma admiração especial, por terem feito algo heróico. É semelhante aquele sentimento que os filhos têm para com os seus pais; venerar é tratar com profundo respeito.





Lili Maia
Enviado por Lili Maia em 13/06/2011
Alterado em 14/06/2011
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras